Buscar
  • Jeff Costa

Como usar a leitura e a escuta extensivas fora da sala de aula

Atualizado: Mai 16

O aluno se beneficia muito mais quando os seus estudos vão além das aulas

Todo professor tem aqueles alunos que dizem que não têm tempo para estudar em casa e que acreditam que com duas horas semanais vão se tornar fluentes no idioma alvo. Duas coisas: sim, talvez eles até se tornem fluentes no idioma depois de longos anos de estudo, mas deixa eu contar um segredo, é possível pegar um atalho se o aluno continuar com os estudos fora da sala de aula. A boa notícia é que existem práticas como a Leitura Extensiva (LE) e a Escuta Extensiva (EE). Alguns teóricos até citam a prática de Assistir Extensivamente (AE), ou como os falantes de língua inglesa gostam de chamar, extensive viewing.


AS PRÁTICAS EXTENSIVAS


Estas práticas consistem em expor o aluno a um grande número de leituras e escutas no idioma alvo por um extenso período. O segredo é que estes materiais tenham um recorte para que o aluno desenvolva o vocabulário naquele determinado tema. Por exemplo, se o assunto que está sendo tratado nas aulas é texto jornalístico o professor pode indicar diversos sites de notícias na língua alvo. Outro exemplo seria um grupo de nível avançado que está estudando literatura norte-americana, o professor pode fazer uma seleção de um período ou de um determinado autor e ler vários livros deste recorte por um período pré-estabelecido. Estas leituras são feitas foras da sala de aula e atividades podem ser elaboradas a partir delas como discussões, clube do livro, clube do filme, podcasts, criação de blogs, etc.


A ideia é justamente que a prática não seja curta como geralmente são em escolas de idiomas, em que os alunos são expostos a determinado assunto e não voltam a tratar dele. A prática extensiva proporciona um sentimento de continuidade em que o aluno tem tempo para absorver os conteúdos em um ritmo mais moderado.


Outra prática, a escuta extensiva, é aplicada da mesma maneira, selecionando cantores, cantoras, gêneros musicais, temas de música ou podcasts de determinado tema, escutando por vários dias, ou mesmo semanas. Com o tempo o professor passa a conhecer melhor os seus alunos e identificar seus gostos e preferências. Mas não deixe os alunos na zona de conforto! O ideal é que eles não sejam expostos apenas ao que gostam, e sim que explorem produções que dificilmente teriam contato.


PRÁTICA DE ASSISTIR EXTENSIVAMENTE


Binge watching é um termo bastante utilizado em países de língua inglesa que traduzido seria algo como encher a cara (de filmes e séries). O termo se tornou popular mundialmente sobretudo com o advindo da Netflix e das grandes empresas de streaming. Hoje é muito comum ver pessoas binge watching séries nestas plataformas. O conceito de assistir extensivamente vem de encontro com a ideia de binge watching em que o aluno é solicitado a se expor amplamente a séries ou filmes no idioma alvo. Hoje, com estas grandes empresas de streaming, é possível assistir produções do mundo inteiro no idioma que seja, tanto com o áudio quanto com a legenda, o que facilitou muito a vida dos professores e estudantes de idiomas.


HARRY POTTER E A LEITURA EXTENSIVA


Quando você pensa em leitura extensiva (ou binge reading) o que vem à cabeça? Para mim, sem dúvida, a coleção Harry Potter escrito pela britânica JK Rowling. O primeiro livro da coleção foi lançado no final dos anos 90 e desde então conquistou uma legião de fãs. Crianças e adolescentes que não tinham o hábito de ler passaram a devorar os livros da escritora. Logo foram lançados os filmes que conquistaram outra legião de potterheads.


Obras como Harry Potter são uma ótima oportunidade para incentivar os alunos a lerem em grande quantidade. No livro não é tratado apenas o universo mágico, mas também assuntos como amizade, família, preconceito e negligência, o que faz da coleção a coleção ser não apenas excelente para estudar uma segunda língua como também para ensinar valores.


Existem infinitas outras produções para todas as idades a serem exploradas, seja de leitura, escuta ou audiovisual. O importante é que seja uma prática contínua em que os alunos sejam expostos por um extenso período e que também desfrutem de todo o processo.


#leituraextensiva #harrypotter #harrypottereoprisioneirodeazkaban #harrypottereapedrafilosofal #danielradcliffe #aprendendoinglescomlivros #aprendendoinglescomliteratura #literaturaemingles #literaturainglesa #linguainglesa #queroaprenderingles #comoaprenderingles

14 visualizações

Contato

Agende uma aula experimental gratuita

Estou em São Paulo, Brasil

WhatsApp: 11 95602-7889 / Email: pedagogico@teacherjeffcosta.com

Faixa Etária

 © 2020